Serviços
Universidade Federal Rural do Semi-Árido

O programa Oficinando em Rede de Mossoró articula projetos de extensão, pesquisa e ensino, em parceria com os serviços de saúde mental de Mossoró RN e cidades circunvizinhas. O denominador comum desses projetos é a experimentação de diferentes tecnologias da informação e da comunicação no campo da saúde mental, em ambientes que atendem crianças, jovens e adultos que vivem em diferentes circunstâncias de sofrimento psíquico. Os projetos são tecidos em perspectiva interdisciplinar e já acontecem em ambientes de saúde mental de nossas comunidades tão fragilizadas no sentido do cuidado com a dimensão subjetiva que sustenta o viver humano.

As especificidades de cada tecnologia e as particularidades do contexto em que opera determinam as diferenças entre os projetos aqui apresentados, no que tange aos seus procedimentos metodológicos, conforme especificado ao final desta seção. Mas podemos considerar como princípio metodológico que lhes é comum, o engajamento dos seus participantes na construção da proposta, colocando as tecnologias de informação e comunicação, as artes a serviço de uma enunciação própria desses sujeitos, fazendo-os protagonistas na tessitura de redes que as tecnologias vêm favorecer. Tal princípio de um trabalho coletivo coaduna com os princípios e diretrizes da política nacional de saúde mental em vigência, com as mudanças em termo de estruturas de atendimento que se tornam presentes no social.

Enquanto Programa de Extensão Universitária, o fazer envolve a articulação com ensino e pesquisa e uma implicação do fazer universitário com as necessidades mais prementes de nossas comunidades do semiárido nordestino, onde os serviços em saúde mental necessitam urgentemente de apoio e qualificação. Cada bolsista desenvolve ações semanais em um Centro de Atenção Psicossocial, produz e implementa um projeto individual e/ou coletivo de pesquisa e realiza processos de formação de profissionais em saúde mental, atividade esta que culmina na realização de um Evento anual, a Jornada de Estudos do programa Oficinando em rede. Deste modo, construímos um fazer universitário em sintonia com as questões colocadas nas comunidades onde estamos inseridos.